Página principal

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa
Bem-vindos à Desciclopédia

A enciclopédia livre de conteúdo que qualquer um pode editar.

55 687 artigos · 194 335 imagens

Ajuda

Embaixada

Perguntas

Políticas

Mídia

Contribuir

Artigo em destaque
O empuxo até tenta, mas esse canhão não dá pra levar pra superfície

O empuxo foi descoberto por acaso pelo filósofo Arquimedes, que depois do empuxo virou físico. Um rei precisava saber se uma coroa comprada numa lojinha da esquina era de ouro, e procurou o Arquimedes para ajudar nesse enigma. Arquimedes tentou pesquisar no Google mas a única página existente naquela época era do assustador.com.br, o que não ajudou muito.

Cansado de trabalhar (ele realmente achava que ficar sentado numa cadeira só pensando nas coisas é trabalhar, assim como outros na época - atualmente também, mas enfim...), resolveu relaxar um pouco em sua banheira de hidromassagem. Gordo do jeito que era, entrou na banheira e jogou quase toda a água pra fora. Foi nessa história de bêbado que ele descobriu um jeito de descobrir se uma coroa é de ouro ou é falsa: jogar na banheira e pronto.

Quando se joga um político brasileiro na água, você percebe que este boia. Isso ocorre porque a densidade da merda é bem menor que a da água, ou seja, a merda é mais leve que a água, por incrível que pareça também, e por isso o empuxo faz o trabalho corretamente tentando expulsar essa merda de sua base. Se você nunca viu um político brasileiro sendo jogado na água, tenta fazer isso com o vereador mais próximo para confirmar a tese. Considerando esse fato, imagina como deve boiar firme um iceberg de merda, mesmo com todo o volume.

Compartilhe: Compartilhe via Facebook Compartilhe via Twitter Share on Google+



Eventos recentes


Neste dia...


Sabia que...


Imagem do dia
Apresentação
Batata desciclo sem texto.gif
Bem-vindo(a) à Desciclopédia, uma (des)enciclopédia escrita com a colaboração de seus leitores. A Desciclopédia é um site de humor debochado e seu conteúdo não deve ser levado a sério. Todas as nossas regras e políticas convergem para um só princípio: ser engraçado e não apenas idiota. É um princípio amoral, mas que implica numa ética subjacente. Significa que, no âmbito da Desciclopédia, só podem ter procedência as críticas que se refiram à qualidade divertida de um artigo. Não tem, portanto, nenhum sentido tentar defender os méritos morais ou artísticos de algo que você gosta (banda, filme, personalidade, programa, game, etc.) e que tenha sido sacaneado num artigo da Desciclopédia. Essas coisas não interessam nem um honorável pouquinho aqui.


Participação

Todos podem publicar conteúdo on-line desde que não sejam vândalos ou desrespeitem as regras.

Dentre as diversas páginas de ajuda à sua disposição, estão as que explicam como criar um artigo, editar um artigo ou inserir uma imagem. Em caso de dúvidas, não hesite em perguntar e dar sua apnião.


Comunidade
A comunidade vem crescendo dia após dia. Porém precisamos de mais colaboradores para podermos ampliar o número de artigos em língua portuguesa e expandir, melhorar e consolidar os que já existem.


Projetos irmãos

A Desciclopédia existe graças à entidade sem fins lucrativos Fundação Desciclomídia. A Desciclomídia opera vários projetos em diversas línguas, sempre com conteúdo livre: