Luigi's Mansion 3

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa
Virtualgame.jpg Luigi's Mansion 3 é um jogo virtual (game).

Enquanto isso, alguns tibianos matam uns ratos.

Fantasma tosco.jpeg Este artigo é ASSOMBRADO!

Algum espírito que atravessa paredes e adora pregar peças em cagões
está vigiando este artigo, então cuidado com os objetos flutuantes e não vandalize,
ou ele virá puxar seu pé enquanto dorme.

Mansão do Luigi 3
Luigis mansion 3 nintendo switch box art.jpg

Luigi e seu alter ego derretendo

Informações
Desenvolvedor Next Level Games
Publicador Nintendo
Ano Halloween de 2019
Gênero Terror, Ação-aventura
Plataformas Nintendo Switch
Avaliação Bom
Idade para jogar sei lá

Cquote1.png Você quis dizer: Hotel Luigi Cquote2.png
Google sobre Luigi's Mansion 3

Luigi's Mansion 3 é o terceiro jogo do Luigi, a sombra do Mario. Conta mais uma aventura do Mario-verde em cenários do filme de Annabelle, O Chamado e da família Addams. Diferente de outros jogos limitadíssimos em questão de espaço, o terceiro retrocede na mecânica sem graça de explorar uma casa mal assombrada, mas agora é num motel que mais parece uma cidade do que um simples estabelecimento.

História[editar]

Luigi, Mario, Peach e uma cambada de Toads são convidados pelo Lorde Drácula a uma breve visita em sua casa para um banquete, nesse evento também estariam Alvin e os esquilos, Walt Disney, Barbie grávida e a bruxa do 71. Antes de chegarem lá, eles se hospedam em um hotel no cu do mundo. A noite, Luigi lê a biografia de judas para saber onde foi parar suas botas, mas acaba dormindo antes de chegar no clímax, ao acordar ele percebe que todos tomaram um chá de sumiço e vê que King Boo transformou todos em arte contemporânea e pretende pegar Luigi para transforma-lo em quadro e vendo-lo às piramides de Gizé.

Luigi sobe e desce por mais de 10 andares para derrotar os fantasmas do King Boo e transforma-lo em pintura. Durante sua jornada ele encontra o Professor E. Gadd que como sempre, ao invés de ajuda-lo caçando fantasmas, vai ficar com a bunda agarrada na cadeira em seu esconderijo até Luigi se livrar dos mortos vivos.

No final Luigi descobre que King Boo é só uma peça no quebra-cabeça e que o verdadeiro vilão é a tia do hotel, HELLen GRAVEly que só queria uma noite de núpcias com o seu fantasmão. Mas como de praxe, Luigi e essas crianças intrometidas novamente estragam os planos de King Boo.

Jogabilidade[editar]

Acredite se quiser, mas até pista de dança tem nesse hotel.

Assim como os dois títulos de Luigi's Mansion, esse não é diferente. O jogo novamente trás a temática de explorar a casa tudo de uma vez só, e reexplora-la trezentas vezes se for preciso. O poltergust da vez é o G-00 que contém uma capsula de gozo para levar a amoeba do Luigi, seu alter ego Gooigi. Funcionalidades já clichês são: Flash que deixa qualquer um segueta, a luz ultravioleta que é capaz de revelar coisas invisíveis, além de novas habilidades como o tiro de sucção para puxar e quebrar coisas, bater nos fantasmas de um lado para outro, assim como noutros fantasmas ao redor.

Em cada Luigi's Mansion E. Gadd apresenta uma geringonça que a chama de celular para se comunicar com Luigi, nesse ele apresenta o Virtual Boo, paródia mal feita do fracassado Virtual Boy (e ainda a Nintendo insiste em dizer que esse console é portátil).

Gooigi que apareceu no Remake do primeiro Luigi's Mansion para 3DS, novamente está aqui para encher linguiça. Gooigi diferente de Luigi tem pouca vida e morre com alguns pinguinhos de água, por outro lado, atravessa barras de metal, não é atingido por lanças e não tem medo dos fantasmas, assim como não tem nenhuma reação sobre nada.

Personagens[editar]

Jogáveis[editar]

NPCs[editar]

Fantasmas[editar]