Inocentemente assistir vídeos de lutas de karatê feminino e acharem que você está vendo filme pornô

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa
Parece algo inocente, só umas porradas na cara e chutes na costela, mas o áudio pode ser bem sugestivo

Inocentemente assistir vídeos de lutas de karatê feminino e acharem que você está vendo filme pornô até parece trecho de música funk carioca ruim (e existe música boa desse estilo?), mas é algo que ocorre com a mesma frequência do caso de alguém que vai assistir ao filme Mortal Kombat, a Aniquilação e achar que é filme de comédia. O título é autoexplicativo, mas pra enrolar um pouco, é quando ocorre de você abre algum site de vídeos tipo o Youtube, clica num vídeo qualquer de luta feminina de karatê (ou outra arte marcial cheia de gritinhos como os Kung Fus e Tae Kwon Do da vida) sem querer, e na hora da trocação as mulheres gritarem e gemerem na hora do strike e alguém próximo, em outro cômodo, achar que você está vendo um pornô hardcore, porque é tanto gritinho de kiai que parece que a mulher tá tendo um parto de um elefante ou fazendo sexo com um jumento africano com trombose no pênis, mas o problema é que ninguém, NINGUÉM, ninguém mesmo, vai pensar que você está vendo um vídeo de parto (menos ainda de luta), apenas pensarão que você está vendo putaria.

Descrição do problema[editar]

Você está na frente do computador, sem nada pra fazer, sua namorada (ou sua mãe) está num quarto próximo, seu som está alto e o saco já tá ardendo de tanto coçar. Então você entra no Youtube e começa a pesquisar coisas aleatórias, até que cai num vídeo de luta de alguma arte marcial gritada com uma mulher presente. Certamente você clica por engano nesse vídeo pois ninguém normal ficaria vendo vídeo assim no Youtube; certamente não é algo que as pessoas pesquisam de primeira.

Mas enfim, você clicou no vídeo e já que a preguiça tá boa, vai assistindo. Aí a luta começa e os gemidos são bombardeados pela caixa de som. Mesmo uma mente pura, como a de um descíclope virgem, fará a associação automática ao pornô, então o que dizer das mães? É claro que as lutas de homem dessas artes marciais também têm gritos, mas não é como se fosse um filme pornô, embora uma mãe mais espevitada e criativa pode achar que seja um filme pornô gay, mas só uma mãe nas drogas pra fazer tal associação.

Já no caso de lutas femininas, ou que tenham ao menos uma mulher na luta, o resultado é o mesmo que ouvir o áudio do gemido do WhatsApp. Pior é quando há uma namorada ciumenta na jogada, aí a merda será das grandes. Até você conseguir explicar pra ela que é um vídeo de luta você já morreu. Feche os olhos, ouça o vídeo abaixo e tenha a sensação de estar ouvindo um áudio pornô. Desconsidere a qualidade e técnica (melhor seria a falta de qualidade e técnica) da luta dos dois, deixe só o áudio rolando, e aumente bem o volume pra vizinhança toda escutar. O barulho das pisadas no tatame ainda faz parecer que é uma metida lubrificada.